“Sou sentimental, sei disso. Sou dependente e bobo, sei disso também. Ah, me ajude.”
O Diário de Anne Frank.    

“Eu tento ser corajosa, sabe. Mesmo assim continuo estragando tudo. Continuo fazendo merda.”
Quem é você, Alasca?